X
Menu
X

7 tips para aprender idiomas más rapido

Para aquellos que tienen dificultades o fiaca para aprender nuevas lenguas

(Por ahora, este post está solamente disponible en Português)

Existem muitos motivos para aprender uma nova língua: ampliar as oportunidades de trabalho, conhecer novas culturas, exercitar a mente… (Alguns deles já citamos anteriormente em nosso blog.)  Mas pra muitas pessoas o processo de aprendizagem pode ser lento, caro e difícil. O que acaba se tornando uma barreira e fazendo com que muitas pessoas desistam antes mesmo de começar.

Resolvemos fazer uma lista com algumas dicas para acelerar esse processo e deixá-lo mais divertido, assim rapidinho você já vai bailar en español, manger en français or sing in English. 

1. Abuse da tecnologia

Estamos 24 horas conectados em nossos smartphones e tablets.  No ônibus, na sala de espera, no almoço, no intervalo do trabalho, até mesmo na hora da aula abrimos Facebook, Whatsapp, Candycrush…

Porque não usar esse “vício” para algo mais produtivo? Existem diversos aplicativos de idioma que te ajudam a praticar vocabulário, escrita e fala de forma fácil e divertida. Aqui vão alguns exemplos para baixar grátis agora:

  • Duolingo – Um dos apps mais baixados dentre os amantes de idioma, Duolingo é uma escola em formato de rede social. Onde você é aluno e professor ao mesmo tempo. Você resolve questões de vocabulário e responde exercícios de escrita e fala. Quem corrige? Os próprios usuários. Você também poderá corrigir exercícios de estrangeiros que estejam aprendendo português e mandar mensagens de incentivo a eles. É muito divertido e viciante!
  • Memrise – É um app muito bom para aqueles que têm dificuldade em memorizar vocabulário. Os métodos do Memrise vão te ajudar a fixar de vez as palavras novas que você aprende. Muito bom para praticar no celular.
  • Babbel – É um app excelente que te permite comprar cursos online. Bom para começar e para ter classes sem precisar sair de casa.

Skill

Certificado de Duolingo

2. Assista filmes e séries com legendas em outro idioma.

No mundo de hoje, todos já estamos viciados em séries e acostumados a assistir tudo On Demand. Você não precisa mais esperar acabar a novela para assistir filmes dublados na TV. Você escolhe o que assistir, quando e… em qual idioma!

Muitas plataformas online, como a Netflix ou até mesmo o Youtube, te permitem alterar o idioma da legenda. Normalmente estará disponível Inglês e Espanhol, mas as vezes existem outros idiomas. Você também pode buscar filmes estrangeiros, para escutar o idioma que quer aprender.

Aproveita essa facilidade para praticar o idioma que está aprendendo.

  • Primeiro assista filmes com áudio original e legenda no idioma que você quer aprender.
  • Depois tente assistir filmes com áudio e legenda no idioma que você quer aprender. Eu sei que isso é chato e confunde um pouco, porém é uma ótima maneira de associar sons com palavras, altamente recomendável!
  • Quando você estiver em um nível mais avançado, procure assistir somente com o áudio sem legenda

Dicas importantes:

i) Se não encontrar filmes estrangeiros que te chamem atenção, procure uma série que você ama e a assista novamente em outro idioma. Eu, por exemplo, pratiquei muito o francês assistindo Seinfeld, Friends e How I met your mother com legenda e áudio em francês.

ii) Se você não encontrar na internet filmes ou séries com o idioma que você quer, procure comprar o Box de DVDs de alguma série que você goste muito. Normalmente, os DVDs vêm com vários idiomas. Obviamente leia antes na caixa se o idioma que você quer está presente

iii) Siga os passos na ordem que eu falei, pois se você tentar assistir filmes sem legenda de primeira não vai entender nada e vai acabar desistindo do idioma.

Netflix

Netflix no Smartphone

3. Faça um intercâmbio curto no exterior

2016 é ano de crise e o dólar ta caro, mas essa dica é fundamental pra quem quer aprender uma nova língua sem fazer 5 anos de cursinho.

1 semana de imersão no exterior = 6 meses em um curso regular.

A diferença é brutal, não somente pela intensidade das aulas, mas principalmente pelo fato de você respirar o novo idioma 24/7. Isto significa que um curso avançado no Brasil, que duraria vários anos, pode ser feito em até 2 meses no exterior, no seu período de férias.

Pode jogar na calculadora! Vai sair mais barato pagar passagem, estadia e cursinho no exterior por algumas semanas, do que um investimento de longo prazo no Brasil.

(Nós já fizemos esse cálculo em outro post do nosso blog )

Você vai precisar se comunicar para pegar ônibus, pedir comida, fazer chamadas, fazer amigos locais, ver TV, ouvir as músicas, aprender as receitas… Enfim, o contato com o idioma vai ser ininterrupto, o que resulta em um aprendizado MUITO mais rápido e muito mais fiel à língua. Em vez de aprender diálogos forçados em livros didáticos, você vai ouvir as gírias e expressões locais e aprender a se comunicar de verdade.

Se quiser aprender espanhol na Argentina, busque e compare os melhores cursos em courconnect.com. Você ganha 10% de desconto em qualquer curso por reservar online.

COINED tour

 

4. Namore um(a) estrangeir@

Eu sei que essa dica não é tão fácil de seguir, mas se você puder, tente!

A necessidade de dialogar intimamente com alguém em outro idioma vai forçar seu cérebro a aprender muito mais rápido. Você terá um professor constante que vai te ensinar novos termos e vai rir (e corrigir) de você se falar algo errado. Além disso, a experiência de ficar com alguém de outro país é muito enriquecedora, pois você aprende novos hábitos, costumes e passa a entender melhor a cultura local.

Como encontrar alguém que fala o idioma que você quer aprender? Bom, a melhor solução é conhecê-lo enquanto você faz seu cursinho no exterior, lembra? Aproveite todas as noites do seu intercâmbio para sair e conhecer pessoas da cidade. Atualmente nem precisa de tanto esforço, baixe o Tinder ou Happn e convide algum nativo para um encontro.

DICA: Evite ao máximo andar com brasileiros o tempo todo ou ficar falando inglês com seus companheiros de turma (se o idioma que você quer aprender não é o Inglés).

DICA2: Se seu intercâmbio é curto, evite se apaixonar haha… Vai ser muito triste se despedir 🙁

Se você está no Brasil, uma boa dica é hospedar estrangeiros em casa. Confira a nossa dica número 6, quem sabe você não hospeda um turista atrativo e disponível 😉

Romantic Date

 

5. Não tenha medo de errar.

Uma das maiores barreiras para aprender idioma é a timidez e o constante medo de estar falando besteira. Isso faz com que você pense demais na hora de tentar se comunicar em outro idioma, o que faz seu cérebro travar. Tenha em mente que você aprendeu português quando era criança, e nessa época você não tinha medo de errar. Então sinta-se como uma criança novamente para aprender um novo idioma

  • Se você está em um cursinho na sua cidade, solte o verbo. Participe da aula, tente falar em uma velocidade normal, e se errar o professor vai te corrigir. Pense que todos ali estão na mesma situação que você, querem praticar o idioma. Ninguém é superior, todos estão no mesmo nivel.
  • Na sua cidade procure grupos de conversação em outro idioma. Na sua escola deve haver, senão busque no facebook.
  • Se você está no exterior, tente ao máximo conversar com os locais no idioma deles. Pense que você gostaria de ouvir um gringo tentando falar português, então não tenha vergonha.  Não funcionou? Existe uma fórmula mágica que instantaneamente te faz falar melhor e sem medo: Cerveja.  Experiência própria, meu francês melhorava 100% quando eu estava bêbado 😉

Mistakes

 

6. Hospede um estrangeiro.

Se você não tem grana para sair do país, traga-o até sua casa. Hospedar um estrangeiro é uma experiência linda, pois sua visita trará toda uma cultura dentro da bagagem. Ela disfrutará de sua receptividade, enquanto você terá alguém para conversar em outro idioma. Dicas importantes:

  • Provavelmente sua visita vai querer praticar português. Então faça um acordo com ela, de manhã falam Português e de noite falam o idioma dela.
  • Quando for selecionar um hóspede, tenha certeza que ele vem de um país que fala o idioma que você quer aprender.

Como receber um estrangeiro em casa?

Diante do boom da economia compartilhada, existem vários plataformas de busca ou organizações que fazem a ligação direta entre viajeiro e anfitrião:

  • Intercambista voluntário -> A AIESEC é uma organização de jovens que promove intercambios sociais de 6 semanas, onde o intercambista viaja a um país em desenvolvimento para trabalhar com ONGs. Você poderá receber alguém que venha a trabalhar no Brasil. Nesse programa você não será remunerado, mas pense que seu hóspede tampouco receberá nada para ajudar o desenvolvimento do nosso país. Mais informação aqui http://aiesec.org.br/estudantes/hospede-um-intercambista/
  • Turista -> Muitos turistas buscam casas de família, quartos ou somente um sofá para dormir em outras cidades. É uma maneira muito mais divertida e barata de conhecer a cultura do que ir a um hotel. Nessa modalidade você poderá receber alguém de graça por alguns dias, em troca de um amigo, ou poderá alugar seu quarto por um período ilimitado. Recomendo as páginas couchsurfing.com (grátis) ou airbnb.com (remunerada)
  • Estudantes do Ensino Médio -> Muitos jovens de 15 a 17 anos visitam o Brasil para um semestre em um Colégio do Ensino Médio. Em geral, esses estudantes vêm por meio de agências internacionais que fornecem casas de família, para que o estudante realmente ganhe uma nova família no exterior e viva o dia a dia dos brasileiros. Se você tem um quarto ou cama sobrando, pode disponibilizar sua casa! Algumas agências importantes são AFS, AIUSA, Lions e Rotary.

Aqui o link para uma máteria muito interessante da UOL sobre brasileiros que hospedam estrangeiros em casa.

http://educacao.uol.com.br/noticias/2013/06/14/hospedar-estrangeiro-em-casa-e-opcao-para-quem-nao-tem-dinheiro-para-intercambio-no-exterior.htm

Hospede

7. Pense em outro idioma

Como assim? Você já parou para calcular quanto tempo passa conversando como você mesmo? É uma pergunta estranha, mas no nosso dia a dia passamos muito mais tempo sozinho do que conversando com outras pessoas, pois estamos constantemente pensando.

Em que idioma você pensa? Português, é claro.  Mas é comum para muitos brasileiros que moram no exterior, começar a pensar no idioma local. É uma troca inconsciente que nosso cérebro faz para adaptar nossos pensamentos à língua que mais usamos.

Se nosso cérebro faz isso automaticamente, porque não tentar forçar essa troca? Essa dica é difícil, mas se você tiver força de vontade e um bom auto conhecimento, poderá tentar pensar em outro idioma, mesmo no Brasil.

Quer uma dica para começar?

Toda manhã, quando você acorda, você precisa fazer algumas coisas antes de sair de casa: ir ao banheiro, comer, arrumar a cama, arrumar a mochila, lavar a louça, etc… Seu cérebro então faz um checklist antes de sair.

Tente fazer esse check list em outro idioma: “Que fiaca para bañarme… hoy como zucaritas con leche… mi billetera, donde está? … Listo, tengo el celular, la mochila, las llaves. A salir”

Parece idiota mas com o tempo, o ato de pensar em outro idioma faz você fixar o vocabulário que você aprendeu.

Think


Gostou? Compartilhe! Só não se esqueça de citar a fonte

Tem alguma sugestão? Comente!

Quer vir estudar espanhol na Argentina? Acesse Courconnect.com para encontrar o curso ideal pra você

Courconnect

Facebook Comments

You Might Also Liked

5 motivos para estudar espanhol em Córdoba! Spanish+ski+fun! Curso de Espanhol e Saúde- EleBaires El desafío de conseguir un trabajo Las clases privadas con IELE Sevilla Representante comercial en Buenos Aires <i class="met-menu-icon mmm-icon-default fa fa-caret-right"></i><span class="met-menu-item-label">Social Media Manager in Buenos Aires</span> Internships in Student Advising and Marketing
Deja un comentario

Deja un comentario

Creditos

Fotografía: Ente de Turismo del Gobierno de la Ciudad de Buenos Aires.

Courconnect Instagram

Cargar más