X
Menu
X

Viajes cortos desde Buenos Aires

Cinco lugares para conocer en un finde saliendo de la capital Argentina.

 

(Esta publicación está disponible solamente en Portugués)

A cidade de Buenos Aires é imensa, e há muito o que fazer. Mas aqueles que ficam por um período longo têm o interesse de explorar a região,  aproveitando a grande quantidade de feriados nacionais para fazer uma viagem rápida. Preparamos um roteiro com 5 destinos que você pode fazer em 3 dias, sem pegar o avião.

1. Tigre – 1 dia

O famoso porto de frutos ao norte de Buenos Aires localiza-se no chamado “Delta de Tigre”, onde o Rio da Prata encontra seus afluentes. A natureza do local resultou em um bairro inteiro sobre a água, onda a população viaja de caiaques, barcos e lanchas para chegar às suas casas.  Para o turista, a melhor opção é fazer um passeio de Catamarã e depois rodar pela cidade.

tigre

Como chegar?

O mais fácil é ir de trem. Há duas opções

  • No terminal Retiro você pode tomar um trem da linha Mitre 1 até estação Tigre, a viagem demora 50 minutos e os trens saem a cada meia hora.
  • A outra opção é tomar o famoso Tren de la Costa, que nada mais é que um trenzinho menor que viaja a beira do Rio da Prata. Você precisa tomar um trem da linha Mitre 3 até estação Mitre. Nessa estação você pega o Tren de la Costa até Tigre.

Mais informação sobre trens nesse link

O que fazer?

  • Passeio de Catamarã:  Um dos passeios mais legais é tomar um barco e conhecer de perto o bairro flutuante de Tigre. Perto da estação de trem há varias empresas que realizam o percurso. Os passeios costumam demorar 1 hora. Alguns deles incluem almoço em restaurantes flutuantes. Valem a pena, mas é mais caro do que almoçar na cidade.  
  • Passeio de remo:  A região possui vários clubes antigos de remo, que reúnem a nata da sociedade de tigre. O esporte é tradição na cidade. Se você gosta, pode alugar um barco a remo de madeira para duas pessoas e navegar livremente pelo Delta
  • Cassino e Parque de la Costa: As duas grandes atrações turísticas da cidade agradam crianças e adultos. Localizam-se na beira do rio em frente a estação do Tren de la Costa.
  • Porto de Frutos. Uma enorme feira na beira do rio, completamente tomada por turistas e nativos que buscam fazer compras na cidade. Além de diversos restaurantes que vendem a excelente comida local, você encontra também artesanatos e lembrancinhas da cidade.  

Tigre

2. La Plata – 1 dia e 1 noite

A 60 km de Buenos Aires, La Plata é a capital do estado de Buenos Aires, já que a Cidade de Buenos Aires é um ente federado autônomo. Uma cidade moderna e planejada, cujas ruas numeradas lembram um pouco o estilo de Brasília. A cidade possui três grandes atrativos para visitar durante o dia e, devido a grande presença de universitários, possui uma  vida noturna bem agitada,  desproporcional ao tamanho da cidade.

La Plata

Como chegar

As melhores opções são ônibus e carro

  • A linha 129 vai de Retiro a terminal de La Plata em 1 hora. Você deve tomar os ramais expressos, que viajam pela estrada. São chamados de 129 rápido por Autopista. Antes de subir tenha certeza de tomar a linha certa.  Você pode tomá-la em Retiro, ou no Metrobus da 9 de julio, nas paradas das ruas Marcelo T de Alvear ou Sarmiento. A passagem é paga exclusivamente com o Cartão SUBE e não custa mais que 30 pesos.
  • Se você quiser dirigir, pode alugar um carro e viajar pela Autopista Buenos Aires – La Plata. Chegará em menos de 1 hora.

O que fazer de dia:

  • Plaza Moreno e Catedral. A praça central da cidade é o destino de todas as diagonais. Um grande espaço aberto, com vários bares, restaurantes e cafés para você curtir o dia. No final da praça está a famosa Catedral de de la Inmaculada Concepción, primeira do estilo neogótico da América Latina. Ótimo lugar para tirar fotos e agradecer pela oportunidade de viajar
  • Museo de Ciencias Naturales. Se você é fã de Friends e sempre quis conhecer o Museu que o Ross trabalhava em Nova Iorque, tenha certeza que o Museu de La Plata está à altura. As atrações variam de fósseis gigantes de dinossauros a representações das vidas humanas mais primitivas. O Museu de Ciencias Naturales é uma experiência incrível para adultos e crianças. Valeria a pena ir até La Plata somente para conhecê-lo.  Toda a informação para a visita se encontra nesse link.
  • República de Los Niños. Que tal conhecer o parque que supostamente inspirou Walt Disney? A República de Los Niños é uma enorme cidade em miniatura, com castelos, igrejas, banco e escolas em tamanho para crianças. O passeio é excelente para todos que possuem crianças pequenas, e para aqueles que ainda cultivam sua criança interior. Toda a informação para visitas encontram-se nesse link.

Republica

O que fazer de noite -> Por ser uma cidade universitária, a oferta de bares e boates é enorme. Por isso, vale a pena ficar uma noite na cidade para se divertir um pouco. A rua mais movimentada é a Diagonal 74, mas não há uma concentração de bares como em algumas praças de Buenos Aires. Por isso o melhor é buscar os lugares que sejam mais acessíveis de acordo com a sua localização. Aqui vai uma lista de lugares recomendados por amigos de La Plata

  • Bares: Chicha, La Bodeguita Cubana y El Refugio
  • Boates: Santo Pecado, Bayron, La Casona e Pieres.

3. Colônia e Carmelo: 2 dias e 1 Noite

Sabia que Colônia del Sacramento é a cidade de origem portuguesa mais ao sul da América Latina? Sim, os portugueses, interessados no fluxo de prata que saía do alto Peru pelo Rio de la Plata, construíram, no século XVII, um forte militar em frente a onde hoje se encontra a cidade de Buenos Aires. Colônia foi fortemente disputada entre espanhóis,portugueses, argentinos e brasileiros até a indepência do Uruguai, que pôs fim ao conflito.  

Somente pela história já valeria a pena a visita, mas a beleza e simplicidade desse pequeno vilarejo, conhecido como a “Paraty do Uruguai”, são ainda mais chamativos.  Muitos brasileiros conhecem a cidade em apenas 1 dia, porém recomendamos dormir na cidade para que se possa vivenciar o charme noturno da região.

Colonia

Como chegar -> A melhor opção é o Buquebus – Colonia/Buenos Aires. As balsas diárias fazem o trajeto em 1 ou 3 horas. Os preços e horários variam como passagens de avião, por isso compre sua passagem pelo site com antecedência. Você pode conseguir ofertas de R$200 ida e volta viajando bem cedo, ou pagar um pouco mais caro pelos horários mais movimentados.

O que fazer:

    • Passeio pelas ruas do Forte de Colônia. Você irá observar os resquícios das construções do período colonial,  que hoje abrigam lojas de souvenir e restaurantes.
    • Farol. O farol da cidade é aberto a visitas, caso esteja disposto a subir bastante escadas. Lá de cima você tem uma visão de toda a cidade e do Rio da Prata.
    • Museus. Vários bons museus na cidade contam a história da colonização portuguesa e espanhol na região. É possível comprar um ingresso que vale para todos os outros museus.
    • Pôr do Sol. Ao final da tarde, a visão do pôr do sol no rio é um espetáculo que vale a pena ser observada.
    • Jantar à noite. Caminhe pela avenida principal e escolha uma das várias opções de parrillas que existem na cidade. Você vai ver que o lugar é ainda mais lindo de noite.
    • Carmelo. A pequena vila próxima à Colônia abriga famosas vinícolas uruguaias, que cultivam as muito apreciadas uvas Tannat. O roteiro é pegar um ônibus em Colônia, ir até Carmelo fazer um passeio de bicicleta pelas vinícolas. Aí você conhece toda a produção dos vinhos e depois os aprecia junto a uma boa carne uruguaia.

Wine

4. Montevidéu e Punta del Este: 2 dias e 2 noites

Dizem os uruguaios que se o mundo acabasse hoje, eles ficariam sabendo daqui a dois anos. Verdade seja dita, Montevidéu é uma Buenos Aires mais tranquila, mais antiga e um pouco mais clássica. 1 dia e 1 noite são suficientes para conhecer a cidade, e o segundo dia pode ser aproveitado para conhecer Punta del Este.

Mercado free

Como chegar -> Assim como Colônia, o mais seguro e rápido é ir de Buquebus. Existem duas opções de trajeto:

  • Barato e Lento: Buenos Aires – Colônia de Barco + Colônia-Montevidéu de Ônibus.
  • Caro e Rápido:  Buenos Aires – Montevidéu de Barco.

O que fazer em Montevideo.

  • Caminhada pela Ciudad Vieja. O início do passeio é na Plaza de La Independência, onde você verá o primeiro dos 33 cavalos históricos do país. Você poderá visitar o lindo Theatro Solis na entrada da Ciudad Vieja. A partir daí, uma caminhada pelas ruas antigas, com várias praças e barraquinhas de souvenirs. O destino final é o Mercado del Puerto, um galpão recheado de churrascarias e restaurantes de frutos do mar. Há para todos os gostos, dá para comer uma linguiça no balcão ou sentar em uma mesa e pedir uma parrilla completa.
  • Playa Pocitos. Depois do almoço, o ideal é um passeio pelo Calçadão de Pocitos. Curtir a praia e ver os uruguaios tomando chimarrão debaixo de sol. A água é razoavelmente própria pra banho, mas as algas dão uma aparência suja. Quando bater a fome, procure a Chiviteria Marcos, para comer um sanduíche maior do que qualquer outro que você já provou.
  • Noche Uruguaya. A noite de Montevideo é parecida com a de Buenos Aires, porém com bem menos ofertas. Existem bons clubes espalhadas pela cidade, mas é mais facil voltar à entrada da cidade velha ( pela Plaza de la Independencia) onde existe uma concentração de pequenos bares e boates em poucas quadras. Lembre-se que as baladas só enchem depois de 2h da manhã.

Pocitos

Como ir a Punta del Este -> Desde Montevidéu (Terminal Tres Cruces) você pega um ônibus a Punta del Este.  As linhas saem a cada hora, a viagem demora menos de 3 horas e a passagem não é muito cara.

Dedos

O que fazer em Punta del Este:

  • Monumento ao Afogado. A famosa selfie de Punta del Este é com os estranhos dedos gigantes que saem da areia. Aproveita para curtir um pouco as praias da cidade.
  • Frutos do Mar. Na ponta da península há diversos restaurantes de frutos da mar para você almoçar bem, disfrutando o melhor da comida uruguaia
  • CasaPueblo. Uma obra com design muito interessante, a casa, que fica a 16km de Punta del Este, é uma das paradas favoritas de todos os turistas. Se possível, faça essa visita perto do pôr do sol, a paisagem é espetacular.
  • Casino Conrad. O alto nível dos visitantes de Punta del Este é visto nas mesas de cartas e nas roletas do luxuoso Casino Conrad. Vale a pena dar uma visita, nem que seja para tirar uma foto
  • Noite de Punta. Se puder, fique uma noite na cidade. A vida noturna lembra a de Búzios, com muitos bares e restaurantes que ficam abertos até 2h da manhã, além das boates que não fecham antes do sol nascer.

Casapueblo

5. Mar del Plata: 2 dias e 2 noites

Conhecer Mar del Plata é conhecer o lado praiero dos argentinos. As praias são diferentes das que nós conhecemos no Brasil, mas vale a pena ir conhecer. Apesar da cidade ser muito grande, não há muitos atrativos mais interessantes do que simplesmente ir a praia.

Mardel

Como chegar -> A melhor opção é ir de ônibus de madrugada. Você sai de Retiro sexta à meia-noite e chega em Mar del Plata sábado às 7h da manhã. As passagens variam perto dos R$100.

O que fazer:

  • Porto. Eu nunca fui, mas todos recomendam uma visita ao Porto da cidade, que além de ser bonito possui diversas lojinhas interessantes para turistas
  • Guemes. A rua Martin Miguel de Guemes é a “rua das pedras” de Mar del Plata. Uma rua exclusiva para pedestres, com várias lojas de marca e muitos bares e restaurantes. O lugar é indicado para passear de dia e para aproveitar a noite.
  • Frutos do Mar e Churros no Manolo.  Um dos restaurantes mais clássicos da cidade possui uma filial ao final da rua Castelli, na beira da praia. O visual é lindo e você poderá provar os deliciosos pratos de frutos de mar e de sobremesa comer seus famosos churros de dulce de leche.
  • Praia. Tentei esticar ao máximo antes de chegar as praias, mas é basicamente o melhor a se fazer na cidade. Porque eu disse que são diferentes? Por vários motivos. O argentino tem o costume de ficar o dia inteiro na praia, por isso eles levam tudo que for preciso, e poucas coisas são vendidas na praia. O mais estranho, no entanto, é o fato de a praia ser tomada por balneários, a estilo europeu. São pequenas barraquinhas fechadas, onde cada um pode guardar suas coisas, comer, descansar, enquanto não está pegando sol. Além disso esses balneários contam com banheiro, duchas, piscinas, restaurantes, quadras esportivas e até playground. Obviamente para usá-los você precisa pagar uma quantia um pouco alta. Se não quiser, a solução é levar seu guarda-sol e ficar com o povão na areia.

Playa


Gostou das dicas? Compartilhe!

Algum lugar que a gente não mencionou? Comente!

Quer vir à Argentina estudar espanhol? Acesse Courconnect.com e encontre o curso ideal pra você

Courconnect

 

Facebook Comments

You Might Also Liked

5 motivos para estudar espanhol em Córdoba! 5 razões para estudar em Buenos Aires Spanish+ski+fun! Novas promoções da LvStudio! Escola Coined- Três promoções imperdíveis Curso de Espanhol e Saúde- EleBaires El desafío de conseguir un trabajo Representante comercial en Buenos Aires
Deja un comentario

Deja un comentario

Creditos

Fotografía: Ente de Turismo del Gobierno de la Ciudad de Buenos Aires.

Courconnect Instagram

Cargar más