X
Menu
X

8 preguntas y respuestas sobre estudiar español en Argentina

 

La mejor manera de aprender un idioma es viajando y el mejor país para aprender español es la Argentina.

(Esta publicación está disponible solamente en Portugués o Inglés)

Visitar os hermanos e fazer um curso de idioma é um programa cada vez mais popular para milhares de brasileiros que aproveitam suas férias unindo turismo com educação. A proximidade em relação ao Brasil, os baixos custos de viagem e a cultura fascinante são os fatores mais atrativos do país.

No entanto, na hora de planejar a viagem surgem muitas dúvidas:

Porquê estudar no exterior? Como funcionam os cursos de idioma para turistas? Quanto tempo devo ir? Qual a melhor cidade? Quanto custa? Onde eu me hospedo? Vou ter tempo para conhecer a cidade? Qual escola ?

Até hoje, não conheci uma pessoa que tenha se arrependido de fazer uma viagem para estudar idiomas.  (Eu mesmo me incluo nesse lista, estudei espanhol em Buenos Aires e francês em Quebéc.). Há uma ENORME diferença entre:

viajar com família ou amigos para um passeio bem turístico

x

viajar sozinho, fazer um curso e conhecer a cultura de verdade

Para que você entenda o que eu quero dizer, pense naquele seu amigo gringo que fala que Brasil é samba, praia e caipirinha.  Você com certeza disse pra ele que Brasil é muito mais que isso, pois ele só conheceu Búzios e a praia de Copacabana.

Mas todos nós cometemos os mesmos erros se viajamos somente como turistas. Buenos Aires não é só Recoleta, New York não é só Times Square, Paris não é só Torre Eiffel e por aí vai… A única maneira de conhecer uma cidade de verdade é interagindo com os locais, entendendo seus costumes e principalmente aprendendo seu idioma.

Portanto, se você está pensando em fazer sua primeira viagem ao exterior para estudar espanhol, preparamos abaixo uma guia para responder suas dúvidas

  1. Porquê estudar no exterior?

Os cursos de idioma no exterior são bem diferentes daqueles que você faz na sua cidade. Por 3 motivos principais: Intensidade, Necessidade e Imersão.

  • Intensidade. Na sua cidade você deve ter feito um curso de inglês ou espanhol 2x por semana de 3h diárias. A exposição do seu cérebro ao idioma é muito curta, o que faz com que demore muito mais para aprender. Um curso assim completo pode durar de 4 a 6 anos. No exterior, os cursos em geral são de 4h por dia durante 5 dias por semana. Você avança 1 nivel por semana, podendo dominar um idioma em 2 meses. (Experiência própria).
  • Necessidade. A pressão de ter que aprender o idioma é a principal motivação na hora do estudo. No seu dia-a-dia você vai precisar se comunicar, o que força seu cérebro a pensar em outro idioma e com isso você aprende muito mais rápido. O medo de pegar um ônibus errado ou de se enrolar na hora falar com alguém pelo telefone vai ser seu maior aliado para aprender um novo idioma.
  • Imersão. No exterior, o curso não termina quando você sai da sala. Toda a sua interação com a cidade é feita em outro idioma, o que funciona muito melhor do que as tarefas de casa que você fazia no seu curso regular.  Eu por exemplo fiz 1 ano de Francês em um curso no Brasil antes de ir a Quebéc, mas quando cheguei lá, não conseguia pedir um sanduíche no Subway. Ao longo do curso de imersão, aprendia a teoria na sala de aula, mas praticava meu francês indo para bares com amigos canadenses, assistindo filmes na televisão e comprando meus lanches.

2. Como funcionam os cursos no exterior?

Por serem intensivos, normalmente as aulas são em grupos pequenos, de 4 a 8 pessoas, e ocupam meio período (Manhã, Tarde ou Noite) , sendo 4h diárias x 5 dias por semana.  Porém todas as escolas são flexíveis e  você pode moldar a carga horária que se adapte a sua necessidade ou disponibilidade.

Existem cursos individuais, cursos que misturam classes individuais com grupais e até cursos que misturam classes normais com classes específicas (Vocabulário Médico, Tango, Culinária, Esqui…).

Durante o período livre, as escolas geralmente oferecem atividades culturais locais, como por exemplo churrasco, futebol, passeios pela cidade, shows de tango… Essas atividades são sempre opcionais, mas altamente recomendadas.

Classes

3. Quanto tempo eu devo ir?

É claro que o principal fator é a sua disponibilidade temporal e financeira. Os cursos duram no mínimo 1 semana e não têm limite máximo.

A curva de aprendizado é decrescente, portanto nas primeiras semanas você dá um salto imenso, enquanto após 5, 10 semanas o aperfeiçoamento é mais lento.

Como experiência pessoal eu diria que 2 semanas de curso no exterior equivalem a 1 ano de curso regular.  Não em termos de hora/aula, mas sim pela soma do que você aprende em sala + o que você aprende nas ruas. Recomendo como mínimo 2 semanas para assentar bem o conhecimento.

Já um curso completo do Básico até Avançado superior, que demoraria 4 anos no Brasil, você pode fazer em 6 a 8 semanas no exterior. 

Com certeza estudar no exterior é um investimento muito mais barato e  eficiente do que estudar em casa.

Weeks

4. Quanto custa?

Muitos veem os preços como custos, que quando somados aos custos da viagem, pesam no bolso de qualquer um. No entanto, um curso de idioma é um investimento, e quando comparados a cursos regulares no Brasil, os preços pela hora/aula são mais baratos.

Utilizamos como motor de busca a nova plataforma digital da CourConnect.com, que busca cursos de idioma no exterior e oferece um 10% de desconto na reserva online.

Curso Regular de Espanhol em São Paulo Curso intensivo encontrado em CourConnect.com
30h Nível A1 Acesso 2016 R$1230,00 1 semana

Cursos a partir de R$800*

Albergue a partir de R$150**

60h Nível B1 Umbral 2016 R$2090,00 2 semanas

Cursos a partir de R$1600*

Albergue a partir de R$300**

  • Preços de Curso intensivo em Córdoba à cotação do Dólar em 24/2/16
  • Preços de 5 noites em Hostel de Córdoba à cotação do Peso em 24/2/16

Ou seja, o que você gastou e está gastando até hoje em cursos de idioma, poderia estar sendo poupado para que você estude nas férias, conhecendo outro país e fazendo amizades pelo mundo inteiro.

5. Onde eu me hospedo?

Outra pergunta que depende do seu estilo de viajante. Quando fui a Buenos Aires fiquei em um Hostel, e quando fui a Quebéc fiquei na casa de uma amiga que conheci em viagens anteriores.  As alternativas variam de acordo com preço e comodidade:

  • Hostels. Os hostels são os melhores para aqueles que não vão ficar muitas semanas e que não se importam em dividir espaços com outras pessoas.  É a opção mais barata.
  • Casa de Família. Muitas escolas de espanhol disponibilizam casas de família que fornecem quarto, banheiro e, geralmente, alimentação.  Opção mais cara, porém é uma boa forma de conhecer de perto a cultura local.
  • Apartamento. Ideal para quem quer mais privacidade. Os preços variam de acordo com o tamanho, a forma pela qual você encontra o apartamento e quantas pessoas se hospedarão. Muitas escolas disponibilizam apartamentos, mas você pode buscar por outras plataformas online.
  • Hotel. Se dinheiro não é problema, busque um hotel decente para se hospedar durante todas as semanas que ficar na cidade.

Se você vai viajar por mais de um mês, recomendo reservar um hostel durante uma semana, e nessa primeira semana buscar apartamento para alugar, talvez com companheiros de classe que conheça na escola ou no hostel.

6. Vou ter tempo pra conhecer a cidade?

Com certeza! E essa é a melhor parte da viagem. Além de praticar seu espanhol, você terá a oportunidade de viver a cultura local de perto. Como as classes ocupam meio periodo, você poderá passear de tarde ou de noite, com seu colegas de classe. As escolas, em geral, possuem programação para todos os dias de semana.

Você também terá os fins de semana para viajar e conhecer outras cidades da Argentina. (Siga nosso blog que iremos fazer um post só para viagens)

COINED tour

7. Qual cidade devo escolher?

As duas melhores cidades para receber estudantes de espanhol são Buenos Aires e Córdoba.

  • Buenos Aires. A capital do país é uma imensa metrópole latino-americana com uma vida cultural muito agitada. A cidade não pára e você terá atividades todos os dias. Estará, ademais, a poucos horas de Montevidéu e das melhores praias uruguaias.

Corrientes

  • Córdoba. Com uma das melhores universidades do país, Córdoba  pode ser considerada uma cidade universitária. Isso significa que a aparência tranquila, colonial, e o sotaque cantado do cordobês se misturam com uma vida noturna ideal para os mais baladeiros. As serras de Córdoba convidam os viajeiros a passear nos fins de semana pelos mais lindos paisagens do interior argentino.

Cordoba freee

Gostou das duas? Não tem problema, muitas escolas possuem sedes em Córdoba e Buenos Aires, o que significa que você poderá fazer metade do seu curso em cada cidade e assim conhecer a diversidade que é a cultura argentina. Além disso, nos feriados você poderá visitar as vinícolas de Mendoza, as montanhas de Bariloche, as geleiras da Patagonia ou os desertos de Salta.

8. Qual escola?

Já decidiu vir pra Argentina né? Agora vem a parte mais fácil e divertida, escolher uma escola. A plataforma da Courconnect.com é a única página em que você poderá buscar e comparar os melhores cursos de idioma da Argentina, e você ainda ganha 10% de desconto em qualquer curso por reservar online.

Recomendo que você verifique os distintos tipos de curso que oferecem cada escola e depois dê uma olhada nos comentários que os alunos deram, para ter certeza de encontrar a escola e o curso ideal para você.

Courconnect

 

Facebook Comments

You Might Also Liked

Oportunidad para Argentinos – Ingles en Irlanda. Sistema de Rating de Courconnect Practica tu español mientras bailas Cumbia, Bachata y Reggaeton ¿Cómo encontrar depto en Buenos Aires? 7 barrios que te van a encantar en Buenos Aires Quiz “How much high school spanish do you actually remember?” K2 INTERNACIONAL es nuestra #Escueladeldia El arte de tomar Mate

One thought on “8 preguntas y respuestas sobre estudiar español en Argentina

Fabiano Carlos says:

Devemos estudar para ter uma vida melhor.

Deja un comentario

Deja un comentario

Creditos

Fotografía: Ente de Turismo del Gobierno de la Ciudad de Buenos Aires.

Courconnect Instagram

Cargar más